Rutherford e suas grandes descobertas

Olá pessoal! Hoje irei falar um pouco sobre um grande cientista que descobriu do que a matéria é feita.

Seu nome era Rutherford. Ele nasceu em 1871 na Nova Zelândia. Era muito bom com ferramentas, além de ser um ótimo aluno. Formou-se em Física, Matemática, Geologia e Química (UAU!), e depois de muito batalhar, foi trabalhar em um laboratório na Inglaterra e mais tarde no Canadá.

Uma de suas primeiras contribuições na Ciência foi a descoberta de dois tipos de radioatividade, a alfa e a beta. Pouco tempo depois viu que quando os átomos emitiam partículas radioativas transformavam-se em outros elementos químicos, o que permitiu a medição da idade da Terra (viram que era bem mais velha que imaginavam!). Foi daí que surgiu o método de datação do carbono, que cientistas do mundo todo usam para descobrir a idade de fósseis…

Ele ganhou um prêmio Nobel de Química pela descoberta da natureza da radioatividade. Mas não ficou muito feliz não… ele queria ganhar o de Física!

Continuou seu estudo sobre as partículas com o objetivo de descobrir a estrutura dos átomos. Na época, o modelo em que acreditavam era o Modelo de Thompson, que afirmava que os átomos eram massas positivas onde estavam encrustados os elétrons (partículas negativas).

Idealizou então o experimento mais famoso de sua carreira, descrito em todos os livros de Química e estudado por todos os estudantes do mundo! Este experimento consistia em um lâmina de ouro muito fina bombardeada por partículas alfa (positivas) muito velozes, mostrado na figura a seguir (http://labseguro.wikispaces.com/Modelo+de+Rutherford).

Para surpresa do aluno que fez o experimento, Ernest Marsden, uma em cada 20 mil partículas alfa ricocheteavam de volta e outras tantas se desviavam de sua trajetória. Para Rutherford era como se uma bala de canhão fosse atirada em uma folha de papel e a bala voltasse em nossa direção!!!!!

Depois de estudar os resultados por MUITO tempo, concluiu que as partículas alfa voltavam porque se chocavam contra algo muito duro, porém muito pequeno, no centro do átomo. Esse foi o surgimento da idéia do núcleo atômico. Sabemos hoje que no núcleo ficam os prótons (positivos) e nêutrons (negativos), e que esse pequeno núcleo contém quantidade de energia incrível, usada nas reações nucleares de usinas nucleares e bombas atômicas.

O modelo atômico de Rutherford também incluia a eletrosfera, espaço não ocupado pelo núcleo atômico no átomo e onde os elétrons encontravam-se inseridos. Claro que muitas descobertas foram feitas depois, como a de que os elétrons encontram-se em níveis energéticos, mas as contribuições de Rutherford foram magníficas!

O modelo atômico por ele proposto (http://labseguro.wikispaces.com/Modelo+de+Rutherford):

About these ads
por Na Ciência com Natália

2 comentários em “Rutherford e suas grandes descobertas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s